sexta-feira, 24 de abril de 2009

10 razões para gostar do Paços

10 razões para gostar do Paços de Ferreira:

1 - É um clube que cumpre escrupulosamente com os seus compromissos económicos - seja a jogadores ou a fornecedores

2 - É um clube dirigido por gente apaixonada e civilizada, que não olha para os jornalistas como uma ameaça externa que é necessário calar por todos os meios

3 - Tem uma mística própria. No reino amarelo, toda a gente de bem é recebida com cortesia. Pelo contrário, pessoas de má-fé já sabem o que a casa gasta...

4 - É um clube com uma consciência própria, que traça o seu caminho sem atropelar ninguém e que não é manipulável - pelo menos no consulado de Fernando Sequeira. Vide a polémica com a mão de Ronny em Alvalade

5 - É um clube que não se precipita. Mesmo nas piores fases da época acreditou que tinha escolhido o treinador certo para inaugurar a era pós-José Mota

6 - É um clube que raramente se presta a papéis que descredibilizem o futebol enquanto indústria e fenómeno de massas

7 - Tem um dos mais capazes e competentes secretários-técnicos que conheço: Paulo Gonçalves. Haverá alguma alínea de um qualquer regulamente que ele não conheça?

8 - Tem um presidente low-profile, o que nem sempre é mau sinal. Fernando Sequeira é um homem sóbrio nas declarações públicas que produz, mas na defesa da instituição não se cala. Mesmo nestas circunstâncias, fala com elevação

9 - Tem a claque mais ordeira do futebol português. Poucos? Sim, mas dos bons

10 - Em Paços de Ferreira, clube ou cidade, vive-se uma atmosfera de paz e serenidade. Jamor é uma prémio plenamente merecido para um emblema que cativa a simpatia geral do País.
Enviar um comentário