terça-feira, 31 de março de 2009

Capitão?



Os jogadores do V. Setúbal não subiram esta manhã ao relvado para o treino, numa (alegada) medida de força destinada a alertar os dirigentes, e o País, para a delicada situação financeira que os futebolistas enfrentam. Aos quatro meses de ordenados em atraso junta-se a ameaça de despejo que pende sobre alguns dos profissionais, porque o clube sadino não paga as rendas das casas onde estão alojados. Estranho foi ouvir Sandro, o capitão do V. Setúbal, em directo da Renascença a afirmar que foi apanhado de surpresa. À mesma hora que os companheiros de balneário acertavam a estratégia, o médio estava reunido com a Governadora Civil de Setúbal...

Notícia à tarde: afinal os jogadores sadinos estavam em banhos e massagens... e eu estava em Paris, a fazer compras com a Carla Bruni e o Sarkozy...
Enviar um comentário