terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Stelea e o cão do meu vizinho



Aos 41 anos, Bogdan Stelea ainda mexe. Joga na I Divisão da Roménia, no Brasov, clube onde actuam os portugueses Paulo Adriano e Rui Duarte. Stelea rejeita a ideia de estar acabado, queixando-se do preconceito que existe na Roménia em relação ao jogadores veteranos: «Aqui diz-se que a partir de determinada idade você não pode jogar, está acabado. Quero provar que ainda posso jogar futebol e tentar ser um exemplo para os outros jogadores.»
Isso é só na Roménia? Vê-se logo que nunca jogou em Portugal.

Stelea é o único guarda-redes que conheço que podia perfeitamente passar por agente da secreta israelita (se é que não é, que estes tipos da Mossad são tramados). Aquele ar de mauzão intimida, mas garante quem o conhece que é um paz de alma. O pitbull do meu vizinho, que tem à volta de 150 anos caninos, também parece arrastar-se para a casota e nem por isso eu arrisco olhar-lhe directamente nos olhos...

Stelea fez o seu primeiro jogo como profissional em 1986, ao serviço do Dínamo de Bucareste. Internacional por 91 vezes pela Roménia, fez carreira em Espanha, Turquia e Grécia, antes de regressar ao seu país. Quer jogar mais um ano. O DNM cá estará de novo a falar dele caso cumpra a promessa.
Enviar um comentário