terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Labaredas vs. Napoleão



O Labaredas diz que o seu fogo não pode ser reprimido. Acredito. Não traz nada de inovador em termos de discurso ou de ideias, mas isso também é algo difícil de reprimir. Para estreia, um alvo interessante, na perspectiva de quem acha (como eu) que as alianças não são eternas. Vale a pena recordar, a propósito, uma frase célebre de Napoleão Bonaparte: «Tenho mais medo de três jornais do que de cem baionetas.» Napoleão era como Jorge Jesus: muito à frente do seu tempo...
Enviar um comentário