sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Temos atacante?


foto: FCP

Falei há pouco com um amigo meu que esteve no Dragão e que pela voz me pareceu estar com indícios preocupantes de hipotermia. Aparentemente, o jogo não chegou a aquecer, apesar da balda de Bruno Vale e do penalty falhado por Leandro Lima - dois momentos soltos de emoção, a par dos três golos apontados no desafio, o decisivo da autoria do rapazito da foto, Rabiola. O ex-vitoriano, atacante ainda em formação que especialistas na matéria acreditam reunir qualidades para chegar longe no futuro, assinou o primeiro momento alto com a camisola do dragão. Rabiola recuperou há pouco tempo de uma lesão melindrosa, é jovem e português e pese não ter descortinado no miúdo nada de especial nos poucos jogos que vi dele no Vitória, era bom para o futebol luso que mais valores nacionais emergissem para posições carenciadas, como é o caso do ataque. Já para o lado esquerdo da defesa (esse drama tão português), o único que me chamou a atenção foi mesmo o Tiago Pinto, filho de João Pinto, que joga no Trofense.
Enviar um comentário