quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

O outro lado do Axa



Numa iniciativa inédita no Sp. Braga - e rara nos clubes portugueses - o clube mostrou à comunicação social uma área muito reservada do Estádio AXA: o departamento médico e, por extensão, o balneário da equipa. Ninguém imagina, mas hoje os bracarenses estão ao nível das melhores equipas do Mundo em matéria de cuidados médicos, graças a um conjunto de investimentos em equipamentos de ponta destinados a criar diagnósticos rigorosos e em aparelhos tecnologicamente avançados que permitem um melhor desempenho terapêutico.

João Pedro Araújo, director clínico do Sp. Braga, é, aos 29 anos, um homem capaz de realizar muitos sonhos graças à abertura revelada pela SAD em investir continuamente no departamento que dirige. Foi o médico quem conduziu a visita guiada às «entranhas» do Estádio Municipal, mostrando a obra feita e dando a conhecer outros projectos na manga - como a criação de um laboratório de prevenção de lesões.

Nesta visita, estiveram seis jornais (quatro de âmbito nacional), três televisão (duas nacionais) e respectivas rádios locais. Eis a outra novidade: o regresso progressivo a Braga das televisões. Não se trata do efeito Europa, mas sim de um trabalho de sedução desenvolvido com tenacidade por quem percebe o fenómeno dos media - Ricardo Lemos, director de comunicação dos arsenalistas.


Em anos anteriores, o clube pensava - ingenuamente - que bastaria brilhar interna e externamente para captar a atenção da comunicação social de todo o País, dando em troca uma mão cheia de nada e outra de coisa alguma. Zero entrevistas (sobretudo às televisões), parca informação médica, nenhuma via oficial para confirmação de notícias, e por aí fora.

Esse muro erguido há cerca de cinco anos levou à fuga das televisões e ao desinteresse dos jornais generalistas e até os da terra. Ficaram os desportivos, por motivos óbvios. Hoje, o quadro alterou-se significativamente e o Sp. Braga abandonou essa filosofia «norte-coreana» para se abrir a uma realidade incontornável: quem investe no clube quer retorno. E esse retorno vem sendo assegurado de forma muito eficaz.
Enviar um comentário