domingo, 28 de dezembro de 2008

Bom dia, Vietname!




Um treinador da chamada «velha guarda», Henrique Calisto, levou hoje o Vietname à conquista da Taça do Sudeste Asiático, ao empatar em casa com a Tailândia por 1-1 (ganhara 2-1 na primeira-mão). Hanói, a capital, e o resto do País estão em festa e o treinador português é por esta altura o herói de um povo que ama o futebol como singular paixão. Como se sabe, Calisto decidiu há alguns anos deixar de treinar em Portugal. Para o efeito, convocou os amigos para um jantar de despedida em Matosinhos, no qual com algum conformismo e muita amargura explicou os motivos da reforma antecipada.

Só que enquanto dava passos tímidos na política, como presidente da Junta de Matosinhos, Calisto abraçou um projecto no Vietname, no Đồng Tâm Long An (2002), e aos poucos foi conhecendo e assimilando os hábitos culturais de um país que o acolheu de braços abertos. Foi esse conhecimento dos terrenos que pisava que permitiu a Calisto organizar a selecção vietnamita e torná-la numa das potências do sudeste Asiático. A conquista da AFF Suzuki Cup foi o ponto culminante de um trabalho árduo, persistente e muito elogiado tanto dentro como fora do Vietname.
Enviar um comentário