terça-feira, 21 de outubro de 2008

Pouco Dinamizados

Foto: AP/ Yahoo.com

Esta noite estive de serviço em Braga, no jantar de Jorge Jesus com os adeptos do site Superbraga.com, por isso só a espaços assisti à derrota por 1-0 do FC Porto, em casa, frente ao Dínamo de Kiev. O golo de Aliyev é uma coisa de outro Mundo, um pontapé fortíssimo, cheio de efeito, que apanhou Nuno desprevenido. Não sei até que ponto é frango, uma vez que o remate é tão forte e traiçoeiro que o guardião mal teve tempo de reagir. Mas há o efeito perverso da imagem captada atrás da baliza do FC Porto, em que se fica com a impressão de que algo mais podia ter sido feito.

Ainda assim, o FC Porto teve tempo suficiente para responder ao golo ucraniano e não foi capaz de chegar sequer ao empate. Jesualdo defende que alguns dos jogadores internacionais da equipa chegaram cansados das selecções. Com todo o respeito, não é argumento: o Dínamo está cheio de internacionais e correram que se fartaram. Por outro lado, Sapunaru nem sequer jogou pela Roménia. Acho que o problema são os jogadores que não foram às selecções, como Lucho e Lisandro, e que ainda procuram atingir a forma física ideal. Nada está perdido, mas os dragões têm de ir ganhar a Kiev e ser letais com os turcos.

PS: Compreendo o sentimento, mas não é hábito, mesmo depois de uma derrota, ver toda uma equipa do FC Porto cabisbaixa e abatida, como se o mundo fosse acabar naquela noite. Um campeão levanta a cabeça logo a seguir a uma derrota e vai às bancadas agradecer o apoio do público. Assim é que é.

Enviar um comentário