segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Foi desta para Mior



O Belenenses anunciou há pouco o despedimento de Casemiro Mior. Confirma-se: sou um pé frio. No final do jogo com a Naval, perguntei-lhe se sentia que o seu futuro dependia de uma vitória sobre o adversário da Figueira. Respondeu-me que a única coisa que interessa à imprensa é criar pressão e arrasar. Pelo que me apercebi, houve pressão popular para o brasileiro sair de Belém. Neste caso, assumo que não falei com ninguém no sentido de lhe proporcionar a calorosa recepção de que foi alvo à chegada a Lisboa, depois do desafio com os navalistas.
Enviar um comentário