segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Atropelamento e fuga



O duplo atropelamento ao Portsmouth (3-0) e Estrela da Amadora (5-0) confirma aquilo que já se suspeitava: este Sp. Braga cresce a olhos vistos e não tarda muito estará a fazer companhia aos primeiros classificados da Liga. Oito golos no espaço de tão poucos dias é digno de registo, bem como a 11.ª vitória da época em 15 jogos. A primeira meia hora do jogo de ontem no AXA trouxe a ideia de equilíbrio que o tempo e os bracarenses trataram de desmentir.

Basta olhar para o onze, para as opções no banco (Linz e Paulo César nem sequer entraram) e para quem ficou de fora (Leone, César Peixoto, o lesionado Paulo Jorge) e percebe-se que com tanta matéria-prima de qualidade e um treinador que percebe da poda este Arsenal minhoto pode estourar em várias frente. Taça UEFA incluída...
Enviar um comentário