quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Mais um «tuga» no Cluj




Um dos melhores profissionais da área física que conheci no futebol, José Pedro, é o mais recente português a trabalhar no Cluj. Imagino que já sirvam bacalhau cozido com todos na cantina do clube, com tantos lusos no plantel. José Pedro trabalhou durante oito anos no Sp. Braga, com um interregno de uma época para rever a matéria em clubes de topo europeu. Entrou no Sp. Braga em 2000, com apenas 25 anos e numa altura em que a equipa atravessava um momento muito delicado. Com Jesualdo Ferreira como líder, o preparador-físico pôde desenvolver um trabalho de base com resultados excelentes. Sendo um conhecedor profundo da metodologia de treino, Jesualdo não hesitou em entregar a parte física a um profissional que não conhecia bem mas que aprendeu a respeitar e a apoiar.

Critica-se muito Jesualdo Ferreira. Dele dizem que não tem coragem, que hesita a construir o onze e sei lá que mais. Posso dizer que os melhores treinos que vi enquanto jornalista foram os de José Mourinho no FC Porto, de Jaime Pacheco no ano em que venceu o título nacional pelo Boavista e de Jesualdo Ferreira nos três anos em que esteve no Sp. Braga. Ah, e não posso esquecer Carlos Brito no Rio Ave.

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Você se visse os treinos do Boby Robson então é que ficava impressionado.
Eu que vi treinos no F.C.Porto desde Pedroto até a Mourinho, posso dizer que nunca vi ninguém trabalhar melhor no treino diário que o "VELHO".
Se esse jovem tem assim tanta qualidade, porque é que Jesualdo depois da saída de Azenha, não o convidou para o F.C.Porto?
Um abraço

pascoal sousa disse...

Bem lembrado! Também vi muitos treinos do Robson, eram animados e bem rasgadinhos e o velhote era um verdadeiro espectáculo. Isso faz-me lembrar os tempos em que o FC Porto treinava no campo número 2 das Antas, mesmo ao lado do Estádio, onde muitos sócios (quase sempre os mesmos) se juntavam pela manhã, bem cedinho. Passavam lá o dia todo, depois saltavam para os treinos dos juniores e juvenis, no relvado mais acima, iam ao andebol, ao basquete, hóquei, sabiam tudo o que acontecia nas modalidades. Bons tempos.
Quanto à questão do José Pedro e Jesualdo, sinceramente não sei. Há treinadores que têm várias referências para adjunto e para a preparação física e por vezes a escolha pode obedecer a outros critérios.

Abraço