segunda-feira, 7 de julho de 2008

Confusão no sorteio





O sorteio do calendário da Liga Sagres, hoje, na Alfândega do Porto, foi dominado pela manifestação de adeptos do Boavista no exterior do edifício. O caldo chegou a entornar, quando Amândio de Carvalho, vice-presidente da Federação. foi encostado às «cordas» por meia dúzia de panteras tomadas pela ira por causa da decisão do Conselho de Justiça de confirmar a descida do clube do Bessa à Liga Vitalis. Está provado que trocar a cerveja pela água não cai bem em todos os adeptos. Como sempre, a Polícia chegou tarde e a más horas, mas ao menos a presença de segurança no local serenou os ânimos e permitiu que a cerimónia decorresse num clima normal. A nova bola da competição (feia que chegue, com cores inadmissíveis) foi apresentada com pompa por Hermínio Loureiro. Há uma nova taça, moldada a chumbo e cristal e enriquecida com diamantes e ouro. Ao cabo de cinco conquistas, a peça é entregue em definitivo ao campeão. O aspecto positivo de a Liga ser patrocinada pela Sagres (não era suposto ser proibido? Afinal, há álcool envolvido neste história) é que no final todos correram para o bar para dar cabo do stock da amarelinha. Dirigentes houve que se soprassem ao balão rebentavam com o recorde de alcoolemia fixado recentemente por um habitante da Merdaleja...
Enviar um comentário