domingo, 22 de junho de 2008

O rei vai nu



"Há cerca de duas semanas, quando chegou a Santos, Pelé foi abordado por um grupo de dez adolescentes encapuzados e armados com facas e revólveres. A informação é da coluna Radar On-Line, da Veja, escrita por Lauro Jardim.Tentando se livrar do assalto, o ex-jogador abriu a janela do carro (sem blindagem, por sinal), mostrou o rosto e se identificou: “É o Pelé, é o Pelé”. Nem isso, porém, foi o suficiente para baixar o ímpeto dos bandidos. Eles bateram com um cano de revólver na porta do carro e obrigaram Pelé a abaixar o vidro. Assim o que o Rei atendeu à reivindicação, os assaltantes arrancaram-lhe um cordão de ouro, além de roubarem o celular e o relógio. A confissão foi feita por Pelé a um pequeno grupo na última quarta-feira, no Mineirão, pouco antes do jogo entre Brasil e Argentina, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2010, a ser disputada na África do Sul."
Fonte: Futebolinterior.com.br
Enviar um comentário