sábado, 7 de junho de 2008

Boa, rapazes!!!



Entrada promissora de Portugal no grupo A, com uma vitória tão justa quanto natural sobre uma Turquia decepcionante e medrosa que não chega ao calcanhares daquela que em 2002 foi terceira classificada no Mundial da Coreia e do Japão. Portugal entrou forte e personalizado, impondo a sua qualidade individual e colectiva, criando uma supremacia que o adversário nunca foi capaz de contestar. Pepe foi a grande figura do encontro: marcou um golo, cativou a assistência, contagiou a equipa com a sua energia positiva. Mas todos os jogadores se exibiram a um nível excelente, tanto na atitude como no capítulo da concentração, aspecto sempre importante quando se está perante um opositor que passou grande parte do tempo a defender e a explorar, ocasionalmente, o contra-ataque. Raul Meireles, autor do segundo golo na melhor jogada do encontro, conferiu justiça ao resultado. Portugal ganhou 2-0, enviou três bolas aos ferros da baliza da Turquia, mas acima de tudo revelou espírito competitivo suficientemente forte paravencer o grupo A.
Enviar um comentário