segunda-feira, 21 de abril de 2008

Terminou a era Manuel Machado no Sp. Braga



Terminou há minutos a ligação entre Manuel Machado e o Sp. Braga. Partiu do professor a decisão de abandonar o cargo. Ao cabo de cinco meses, termina sem glória a aventura de Machado no Minho. Com a Europa longe, muito longe, o técnico quis sair com dignidade e dar uma última oportunidade ao plantel de atingir o objectivo. Um plantel que, diga-se, reage muito bem a decisões desta natureza. Mas que não haja ilusões: é uma aspirina, coisa muito passageira. O problema do Sp. Braga é mais profundo e não está nos treinadores, cuja competência é por demais reconhecida, goste-se ou não do estilo de que cada um dos (muitos) sucessores de Jesualdo Ferreira. Pessoalmente, fiquei com óptima impressão de Manuel Machado, com quem mantive relações cordiais e de respeito mútuo, apesar das diferenças de visão acerca do percurso do Sp. Braga esta época.
António Caldas, treinador dos juniores, volta a ser chamado a acudir ao fogo, ele que dirigiu a equipa nas jornadas 9 e 10, na derrota com o Leixões, por 0-3, e na vitória por 3-0 sobre o Sporting.
Enviar um comentário