sábado, 2 de fevereiro de 2008

PRESSÃO ALTA NO MINHO



No dia seguinte a um empate que a maioria dos adeptos bracarenses considerou um atentado à honra e dignidade da equipa do Sp. Braga, duas adeptas apareceram no treino, dispostas a furar a ordem de porta fechada. Voltaram para trás, mas pelos menos fizeram ouvir a sua voz. Pergunto: como é possível ao plantel bracarense trabalhar em paz e obter resultados com este tipo de pressão alta? Não consegue, claro.
Enviar um comentário