quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Miúdos, autógrafos, profs inconvenientes e tensão no Estádio AXA


João Pereira e Rodriguez foram ontem à escola EB1 Quinta da Veiga, bem perto do Estádio AXA, dar autógrafos à criançada, em mais uma iniciativa destinada a criar laços entre a juventude e o Sp. Braga.


Os miúdos, ainda a dar os primeiros passos no português, compreenderam o discurso de João Pereira... o pior foi «pescar» o castelhano tímido de Rodriguez. Parco em palavras, não é por acaso que chamam ao peruano «El Mudo» Rodriguez...



Momento alto da iniciativa aconteceu quando um professor, adepto do V. Guimarães, armadilhou duas questões que João Pereira despachou em duas penadas. Questão 1: o que acha do facto de Manuel Machado ser sócio do Vitória e ao mesmo tempo treinador do Sp. Braga («é normal, somos todos profissionais e queremos apenas o sucesso do Sp. Braga»).Questão 2: Gostavam de jogar num estádio sempre cheio, como acontece em Guimarães com o Vitória? (mauzinho este prof.) A resposta, bem ao jeito de JP: «Gosto de jogar com público, de preferência 30 mil ou 40 mil adeptos. Mas, olhe, o Vitória tem um bom público, mas há clubes em Portugal que têm mais adeptos». A tirada silenciou a sala. Até os putos perceberam que o melhor era mudar de assunto... e rapidamente.

Mais tarde, treino. Centena e meia de adeptos no AXA, coisa rara, quase inédita num treino à semana do Sp. Braga. O ambiente não estava para festa: o pessoal está a começar a desatinar com o ciclo de resultados menos bons da equipa e a eliminação da Taça de Portugal acentuou a tensão e as críticas. Coisa passageira? A resposta segue dentro de momentos, quando os bracarenses defrontarem o Belenenses. Mas que há gente a afiar as facas, isso é mais do que evidente....



Enviar um comentário