sábado, 8 de dezembro de 2007

Palavras com sentimentos


Hoje sinto-me calado. Sem voz. Talvez cansado, porventura esgotado. Mas apetece-me partilhar um dos lemas profissionais da minha vida, saído da pena de um grande prosador esquecido no tempo: Raul Brandão. Cada vez há menos sentimentos na classe jornalística e não falo tanto ao nível dos textos - mas antes no capítulo humano. Calo-me. Prefiro ler.


Não só os sentimentos criam palavras, também as palavras criam sentimentos. As palavras formam uma arquitectura de ferro. São a vida e quase toda a nossa vida – a razão e a essência desta barafunda. É com palavras que construímos o mundo. É com palavras que são apenas sons que tudo edificamos na vida.”

Raul Brandão
Húmus
Enviar um comentário