terça-feira, 6 de novembro de 2007

«OM» no Dragão





O Marselha é daquelas equipas que arrastam multidões, mas ontem, nos quinze minutos de sessão aberta no Estádio do Dragão, os adeptos ficaram cá fora. Entraram os jornalistas para verem sorrisos de circunstância de uma equipa em brasa no Campeonato francês, mas que na Liga dos Campeões está a apenas três pontos de atingir os oitavos de final da prova. Ironia, inépcia, descontrolo emocional no palco gaulês, mera jogada do destino, o certo é que este «OM», poderoso colosso francês, mostra duas faces completamente distintas na Ligue 1 e na Champions. O FC Porto tem hoje a possibilidade de acentuar a imagem de superioridade revelada à saciedade no primeiro jogo no Vélodrome, onde não foi além do empate. E quase perdia...
Enviar um comentário